Délhi

Délhi (também escrito “Déli” em português) é a segunda maior cidade da Índia, composta de duas partes – Old Delhi (Velha Délhi), a caótica cidade antiga, e New Delhi (Nova Délhi), construída pelos britânicos como a sede do seu governo colonial na Índia.  Nova Délhi é a capital da Índia.

A história de Délhi abrange milênios.  Vários assentamentos diferentes foram construídos na localidade da cidade atual em diferentes épocas da história – falam que tinha sete “Délhis”, mas na verdade os arqueólogos já confirmaram a existência de mais que dez assentamentos distintos lá.  Quem faz turismo em Délhi hoje em dia pode visitar muitos monumentos antigos e ruínas.

Templo do Lótus, Nova Délhi

Templo do Lótus em Nova Délhi

Velha Délhi foi fundada no ano 1639 com o nome “Shahjahanabad”; ainda é o coração simbólico da cidade, com ruas e vielas que estão sempre cheias de uma multidão de gente e veículos.  Em Nova Délhi, estabelecida em 1931, os britânicos construíram uma rede de avenidas largas e arborizadas que são muito mais tranquilas que as ruas de Velha Délhi.  Esses dois lados da cidade são muito diferentes – e vale a pena conhecer os dois.

Além de ser a capital política da Índia, Délhi também é conhecida como uma capital culinária do país; Karim’s, perto do Jama Masjid em Velha Délhi, abriu faz mais de um século e é um dos restaurantes mais famosos da cidade.

O metrô de Délhi é rápido, econômico, e (o mais importante) climatizado.  Paharganj é o bairro que tem quase todos os hotéis baratos e pousadas para mochileiros na cidade; fica perto da principal estação ferroviária de Nova Délhi, entre Connaught Place e Velha Délhi.  Quem quiser hospedagem econômica em um ambiente mais relaxado também pode procurar no bairro tibetano de Majnu Ka Tilla.  Por outro lado, o centro e sul de Nova Délhi é onde fica a maioria dos melhores hotéis da cidade.

O que conhecer em Velha Délhi

Chandni Chowk

A avenida principal de Velha Délhi – sempre cheia de gente (e bicicletas e riquixás e motos e carros e vacas e mais), mas também cheia da atmosfera autêntica da cidade antiga.

O Forte Vermelho (Red Fort)

Construído como o palácio de Shah Jahan, o mesmo imperador que mandou construir o Taj Mahal, este imenso forte foi completado em 1648.  É localizado no final de Chandni Chowk.

Jama Masjid

A maior mesquita da Índia, localizado perto de Chandni Chowk.

Velha Délhi também tem vários templos, entre eles o Gurdwara Bangla Sahib, um templo sikh que é um oásis de calmo no meio do caos.

O que conhecer em Nova Délhi

India Gate - Portão da Índia

India Gate

Rajpath

Essa avenida de uns 3-4km é um lugar tranquilo e bom para caminhar.  A residência do presidente do país está localizada em um extremo, enquanto o famoso monumento da India Gate (Porta da Índia) fica numa praça no outro extremo.

Connaught Place

O coração de Nova Délhi, uma série de ruas em círculos concêntricos ao redor de uma praça, tudo cheio de comércio – foi projetado pelos britânicos como o centro comercial da cidade nova.  Localizado na estação de metrô “Rajiv Chowk”, que é o novo nome oficial da praça – mas mesmo assim, todo mundo ainda fala “Connaught Place”, ou até simplesmente “CP”.

O Túmulo de Humayun - Humayun's Tomb - Nova Délhi, Índia

O Túmulo de Humayun

O Túmulo de Humayun (Humayun’s Tomb)

Patrimônio mundial da UNESCO, o túmulo extravagante do imperador Humayun foi construído em 1569-1570 e é um dos principais pontos turísticos da cidade.

O Complexo de Qutb

Qutb Minar, Nova Délhi

Qutb Minar

Um conjunto de monumentos e edifícios, a maioria dos anos 1200 e 1300 e outros ainda mais antigos.  O mais famoso é o minarete Qutb Minar, também patrimônio mundial da UNESCO muito bem preservado; a sua construção foi comissionada por um imperador muçulmano de Délhi em 1199.  O pilar de ferro que fica perto é muito famoso também, por ter uma composição especialmente resistente à ferrugem – há indicações de que foi originalmente erigido em outro local por volta do ano 400, e transferido aqui uns 600-700 anos depois.

Templos

Um dos templos mais famosos de Nova Délhi nem é um templo hindu – o Templo de Lótus (Lotus Temple) foi construído na forma de uma flor de lótus e pertence a uma religião (de origem persa) chamada Baha’i.  Entre os templos hindus, o Akshardham é especialmente popular – é um templo novo, muito grande e ornamentado.

 

Leia também nossas páginas sobre Rajasthan e o Himalaia, ou procure hotéis em Délhi aqui.