Outras perguntas frequentes

É seguro viajar na Índia?

Sim – mais seguro que no Brasil!

Nenhum lugar é 100% seguro, mas a regra é simplesmente a de “bom senso”.  Quase não existe assalto na Índia.  A taxa de homicídio na Índia é sete vezes menor que no Brasil.  Mesmo assim, quase todos os estrangeiros que viajam no Brasil desfrutam de uma viagem sem nenhum incidente – e isso vale ainda mais para os que viajam na Índia.

O tipo de incidente mais comum na Índia é, por exemplo, furto de bagagem quando alguém deixa a mala desacompanhada no trem.  Como sempre, é preciso ter bom senso – não deixa as suas malas desacompanhadas no trem!  Mas nem isso é tão comum – o “roubo” mais frequente é dos vendedores que se aproveitam da ignorância dos estrangeiros sobre os preços das coisas.

Em Délhi e alguns estados do norte (Uttar Pradesh, Bihar, Haryana), é recomendado para mulheres não andarem sozinhas pela cidade a noite; esses lugares são mais seguros durante o dia.  Mas este problema não existe no resto do país (por exemplo, em Mumbai ou Kerala).  Além disso, mulheres acompanhadas provavelmente não vão ter nenhum problema em nenhuma região do país.

É bom estar preparado para o fato que os indianos gostam de olhar as pessoas (até os outros indianos).  Estrangeiros especialmente são alvos dessas olhadas, sobretudo quem tem pele branca ou cabelos loiros.  Isso faz com que alguns estrangeiros sintam-se desconfortáveis, pois não estão acostumados a esse tipo de olhadas fixas.  Mas mesmo sendo desconfortável, geralmente não tem nenhum perigo, e provavelmente você vai se adaptar (sobretudo se você tiver um bom senso de humor!)

Tem muitos lugares na Índia que vivem de turismo – então, em geral, as autoridades fazem de tudo para evitar que os turistas tenham problemas no país.  Eles geralmente tomam qualquer incidente muito sério.

 

Onde posso estudar yoga na Índia?
Onde posso praticar meditação na Índia?
Onde posso estudar Ayurveda na Índia?

Existem muitos lugares no país inteiro para estudar ou participar destas atividades.  Muitos centros são orientados a estrangeiros, com aulas ou sessões em inglês.

Um lugar popular entre os estrangeiros para yoga e meditação na Índia é Rishikesh, uma cidade sagrada para os hindus.  Por outro lado, algumas pessoas especificamente evitam ir a Rishikesh para estas atividades – a cidade já ficou tão cheia de estrangeiros estudando yoga e meditação que pode ser mais fácil achar experiências indianas mais autênticas em outros lugares.  Não faltam opções; depende muito das preferências da pessoa.

Ayurveda, o sistema de medicina tradicional indiana, originalmente vem do estado de Kerala, no sul da Índia.  Este é o melhor lugar para estudar Ayurveda ou para participar de atividades relacionadas à Ayurveda (por exemplo, receber uma massagem ayurvédica.)  Existem vários centros e escolas nas diferentes regiões do estado.




Leia também nossas páginas sobre as religiões da Índia e viajando de trem no país.